A Medi@ções é uma publicação eletrónica bianual da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal, cuja finalidade é divulgar trabalhos inéditos na interface das Ciências Sociais e Humanas com o campo da Comunicação e Linguagem, da Informação, da Educação, das Artes, do Desporto ou da Animação. A Medi@ções é especialmente vocacionada para divulgar estudos nos domínios referidos, incentivar o intercâmbio de ideias e experiências e contribuir para o debate entre as diferentes de linhas do pensamento científico.

A revista Medi@ções encontra-se indexada no Diretório e Catálogo do Sistema Regional de Informação em Linha para Revistas Científicas da América Latina, Caraíbas Espanha e Portugal "Latindex " com o número de Folio 25382.

A escola, a família e a comunidade na construção de parcerias

2022-03-19

Escola e família constituem duas instituições sociais centrais hoje em dia. A sua relação, sempre em processo de reconfiguração, tende a delinear uma interface de base local. Assim, escolas, famílias e comunidades tecem entre si uma complexa rede de interações cuja resultante é influenciada pelos atores sociais envolvidos em cada processo, assim como pela relação de forças destes em cada momento.

O elemento comum nesta relação triangular é constituído pela criança (ou jovem) enquanto, simultaneamente, aluno(a) na escola, filho(a) em casa e membro de uma comunidade. Este constitui um dos motivos pelos quais se torna fulcral que estes três vértices da relação não constituam mundos à parte, assim como que o primeiro grande beneficiário de uma boa relação seja precisamente a criança (ou jovem).

As sinergias positivas entre estes diferentes interlocutores podem acrescentar valor ao contributo individual de cada um deles. Traduzem-se no apoio à construção de valores e recursos motivacionais, no incentivo ao esforço exigido pela escolaridade e ainda na partilha de expectativas sobre os percursos escolares e profissionais a percorrer.

(Boas) parcerias, precisam-se, pois! Contudo, estas não são de geração espontânea. Dado que qualquer parceria inclui protagonistas com interesses parcialmente divergentes, a sua construção implica cuidados redobrados de modo a que todos possam ganhar algo e não apenas alguns ou uns em detrimento de outros. Estamos perante uma relação complexa, multifacetada e com possíveis efeitos perversos. Neste sentido, torna-se importante aprofundar o conhecimento sobre estas parcerias – as que envolvem escolas, famílias e comunidades – através da investigação, se possível por pesquisas de cariz variado e com um olhar multidisciplinar, se não mesmo inter ou transdisciplinar.


Aqui fica o desafio!

 


A Revista Medi@ções está aberta à receção de propostas para número temático dedicado à construção de parcerias entre a escola, a família e a comunidade até ao dia 15 de junho de 2022.

Consultar as Instruções para autores


Os editores do número temático,
Isaura Pedro
Pedro Silva

Vol. 9 N.º 2 (2021): Políticas Públicas, Organização e Gestão Escolar e Educacional: perspetivas

As políticas públicas desenrolam-se num processo social que envolve diferentes tipos de atores, com os seus referenciais e práticas, e que faz com que as politicas sejam consideradas como ação pública que, sucintamente, se podem caraterizar pela não linearidade, pelas interdependências e circularidades atendendo ao número e a variedade dos atores (públicos e não públicos, nacionais e transnacionais) envolvidos na ação e às relações menos hierarquizadas entre os atores onde a abordagem hierárquica vertical é substituída por uma poliarquia multipolar.
Por outro lado, as políticas públicas não são circunscritas apenas à intervenção governamental, mas, pelo contrário constroem-se pela intervenção e interação de outros atores.
Todas estas características das políticas públicas como ação pública, e as problemáticas daí decorrentes, estão presentes no interior das escolas como organizações olhadas como microcosmos sociais complexos onde interagem também uma rede interdependente de atores que contribuem, de maneiras diferenciadas, para os modos como se pensa, como se organiza e como é gerida e liderada a instituição escolar.

Publicado: 2022-01-05

Ver Todos os Números