A Medi@ções é uma publicação eletrónica bianual da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal, cuja finalidade é divulgar trabalhos inéditos na interface das Ciências Sociais e Humanas com o campo da Comunicação e Linguagem, da Informação, da Educação, das Artes, do Desporto ou da Animação. A Medi@ções é especialmente vocacionada para divulgar estudos nos domínios referidos, incentivar o intercâmbio de ideias e experiências e contribuir para o debate entre as diferentes de linhas do pensamento científico.

A revista Medi@ções encontra-se indexada no Diretório e Catálogo do Sistema Regional de Informação em Linha para Revistas Científicas da América Latina, Caraíbas Espanha e Portugal "Latindex " com o número de Folio 25382.

Estudos e narrativas em Educação de Infância

2021-11-02

Desde a sua criação (há 34 anos) que a Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal tem assumido um papel relevante na formação inicial e contínua de profissionais de educação de infância, assim como no desenvolvimento de projetos de investigação nessa área, tanto a nível nacional como europeu. Toda esta atividade formativa tem procurado evidenciar e afirmar a centralidade da educação de infância enquanto primeira etapa da formação da pessoa, numa perspetiva democrática, participativa, inclusiva e de cidadania crítica.

Seguindo esta mesma orientação, o próximo número da revista Medi@ções (vol.10, n.º1) é dedicado à Educação de Infância, com incidência particular em estudos e narrativas desenvolvidos em Creche, Jardim de Infância e A.T.L. e/ou outros contextos em que os/as profissionais desenvolvem a sua atividade, por ex: hospitais, museus, bibliotecas, equipamentos artísticos e culturais, prisões, entre outros.
Este número da revista procura contribuir para o aprofundamento e alargamento da reflexão sobre as práticas, para a divulgação da investigação dos profissionais em Educação de Infância, estando aberto a propostas de artigos originais, desenvolvidos a partir quer de relatórios de projetos de investigação, dissertações, reflexões sobre as práticas, textos de natureza teórica, quer de outros contributos relevantes, tanto de natureza académica como profissional.
A Revista acolhe contributos de estudantes, educadores de infância, formadores, investigadores, ativistas e profissionais que intervêm nesta área da Educação.

 

A Revista Medi@ções está aberta à receção de propostas para número temático dedicado à Educação de Infância até ao dia 31 de janeiro de 2022.

Consultar as Instruções para autores

 

Os editores do número temático,
Ana Luisa de Oliveira Pires
Augusto Pinheiro

Vol. 9 N.º 2 (2021): Políticas Públicas, Organização e Gestão Escolar e Educacional: perspetivas

As políticas públicas desenrolam-se num processo social que envolve diferentes tipos de atores, com os seus referenciais e práticas, e que faz com que as politicas sejam consideradas como ação pública que, sucintamente, se podem caraterizar pela não linearidade, pelas interdependências e circularidades atendendo ao número e a variedade dos atores (públicos e não públicos, nacionais e transnacionais) envolvidos na ação e às relações menos hierarquizadas entre os atores onde a abordagem hierárquica vertical é substituída por uma poliarquia multipolar.
Por outro lado, as políticas públicas não são circunscritas apenas à intervenção governamental, mas, pelo contrário constroem-se pela intervenção e interação de outros atores.
Todas estas características das políticas públicas como ação pública, e as problemáticas daí decorrentes, estão presentes no interior das escolas como organizações olhadas como microcosmos sociais complexos onde interagem também uma rede interdependente de atores que contribuem, de maneiras diferenciadas, para os modos como se pensa, como se organiza e como é gerida e liderada a instituição escolar.

Publicado: 2022-01-05

Ver Todos os Números