Medi@ções

A Medi@ções é uma publicação eletrónica bianual da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal, cuja finalidade é divulgar trabalhos inéditos na interface das Ciências Sociais e Humanas com o campo da Comunicação e Linguagem, da Informação, da Educação, das Artes, do Desporto ou da Animação. A Medi@ções é especialmente vocacionada para divulgar estudos nos domínios referidos, incentivar o intercâmbio de ideias e experiências e contribuir para o debate entre as diferentes de linhas do pensamento científico.

A revista Medi@ções encontra-se indexada no Diretório e Catálogo do Sistema Regional de Informação em Linha para Revistas Científicas da América Latina, Caraíbas Espanha e Portugal "Latindex " com o número de Folio 25382.

Imagem de capa da revista

Notícias

 

Próximo número: Animação Sociocultural – Práticas, identidade(s) e trajetória(s)

 
As primeiras referências à Animação Sociocultural remetem para uma intervenção social com as populações locais em torno da conquista e reconhecimento das suas aspirações, quase sempre de melhoria das suas condições de vida e de consciencialização das suas necessidades. A marca da ASC está associada ao momento histórico da sua emergência – o final da 2ª Guerra Mundial – num mundo europeu em busca de recuperar o seu sentido de humanidade.

Nos anos 1960 e 1970 foi, sobretudo em França, uma atividade voluntária e uma profissão emergente, contaminando depois países vizinhos e passando fronteiras, tendo obtido reconhecimento por parte da UNESCO e pelo Conselho da Europa. Inequivocamente ligada a área do Trabalho Social, a Animação Sociocultural integra as dimensões culturais, educativas e sociais, estando vinculada à promoção da autonomia, da participação, do desenvolvimento e empoderamento das pessoas e das comunidades e ao respeito pela diversidade, em síntese. É sua missão o incentivo à cidadania ativa em todos os contextos em que ela se pode e deve assumir.
A profissão de Animador Sociocultural foi-se afirmando, institucionalizando e distinguindo de outras, num percurso não isento de sobressaltos, atravessado por alguma incerteza e ainda longe da legitimação social que merece.

Este número da revista Medi@ções representa um contributo para essa valorização social da Animação Sociocultural. Pretende-se dar a conhecer projetos, experiências e reflexões, evidenciando a intervenção dos profissionais no terreno e, também, estudos e/ou projetos e/ou experiências inovadoras de formação. São bem-vindos contributos de investigadores, ativistas, profissionais que desejem partilhar os seus conhecimentos.


A Revista Medi@ções está aberta à recepção de propostas para este número temático até ao dia 15 de março de 2020.


Consultar as Instruções para autores
 
Publicado: 2019-12-24
 
Mais Notícias...

v. 7, n. 2 (2019): Educação (anti)racista: Que políticas, práticas e perspectivas?

Sob o mote Educação (anti)racista: Que políticas, práticas e perspetivas?, pretende ser um espaço de reflexão crítica sobre a escola pública contemporânea e os seus desafios no combate ao racismo e desigualdades étnico-raciais, dando continuidade ao trabalho desenvolvido no Roteiro para uma Educação Antirracista, organizado pela Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal, em parceria com a Câmara Municipal de Setúbal, entre janeiro e junho de 2019.

Sumário

Cristina Roldão
PDF
1 - 5

Dossier

Ariana Furtado Furtado
PDF
6 - 15
Rosa Cabecinhas, Isabel Macedo
PDF
16 - 36
Otávio Raposo
PDF
37 - 53
Jaime Pinho, Vasco Caleira
PDF
54 - 65
Ana Alcântara, Cristina Roldão, Carlos Cruz
PDF
66 - 85
Pedro Varela
PDF
86 - 98
Caroline Delfino dos Santos
PDF
99 - 110
Heide Jesus Damasceno
PDF
111 - 122
Sandra Mateus
PDF
123 - 135
Valentina Brena, Noelia Maciel
PDF
136 - 150
Raquel Matias, Pedro Martins
PDF
151 - 166

Outros artigos

Sebastião Santos
PDF
167 - 178
Cristiana Mercê, Marco Branco, Orlando Fernandes, David Catela
PDF
179 - 192
Ana Luísa Oliveira Pires
PDF
193