"Antes de nos conhecerem, às vezes, tratam-nos mal" – perceções sobre discriminação e diversidade étnica em contexto escolar

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Sandra Mateus
http://orcid.org/0000-0002-1881-5588

Resumo

A discriminação com base na origem étnica assume um papel central na experiência escolar dos filhos de imigrantes: ela afeta os processos de escolarização, nomeadamente através do modo como configura perceções sobre os estudantes. O presente artigo examina as perceções sobre diversidade e discriminação em ambiente escolar de filhos de imigrantes e de diversos atores escolares, a partir de um conjunto de entrevistas realizadas em duas escolas da Área Metropolitana de Lisboa. Confirma-se a experiência de discriminação entre os alunos, e a diversi-dade revela-se, nas perceções dos agentes escolares, como problemática e impactante nos ambientes de escola.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Mateus, S. (2019). "Antes de nos conhecerem, às vezes, tratam-nos mal" – perceções sobre discriminação e diversidade étnica em contexto escolar. Medi@ções, 7(2), 123–135. Obtido de https://mediacoes.ese.ips.pt/index.php/mediacoesonline/article/view/231
Secção
Dossier
Biografia Autor

Sandra Mateus, Instituto Universitário de Lisboa, ISCTE-IUL, CIES

Sandra Mateus é socióloga, doutorada em Sociologia pelo Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL). Tem investigado e ensinado nas áreas da educação, migrações, desigualdades sociais e juventude, com particular foco nos descendentes de imigrantes. É investigadora no CIES-IUL e professora auxiliar convidada no ISCTE-IUL, onde coordena os projetos Below 10 (Erasmus+ Programme) e PandPAS - Pre and Post – Arrival Schemes to facilitate inclusion and prevent xenophobia and radicalization (AMIF-AG). É autora e coautora de diversas publicações, comunicações e conferências.