A inclusão de crianças africanas negras no Brasil: Trajetórias curriculares antirracistas em construção

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Caroline Delfino dos Santos
http://orcid.org/0000-0002-5856-1973

Resumo

Esse artigo apresenta um estudo sobre (re)configuração curricular adotada por escolas em Duque de Caxias/RJ em razão da inserção de crianças africanas negras. Trata-se de uma análise sobre os processos de inclusão/exclusão aos quais tais crianças foram submetidas. Com base nas narrativas docentes, os resultados revelam que, embora as escolas ainda não tenham construído uma pedagogia específica para o atendimento de alunos em contexto migratório, um olhar mais atento sobre as diferenças de caráter étnico-racial contribui para o desenvolvimento de experiências antirracistas.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Santos, C. D. dos. (2019). A inclusão de crianças africanas negras no Brasil: Trajetórias curriculares antirracistas em construção. Medi@ções, 7(2), 99–110. Obtido de https://mediacoes.ese.ips.pt/index.php/mediacoesonline/article/view/223
Secção
Dossier
Biografia Autor

Caroline Delfino dos Santos, Universidade do Grande Rio

Doutoranda e Mestre em Humanidades, Culturas e Artes pela UNIGRANRIO-Universidade do Grande Rio (2017). Possui graduação em Pedagogia com habilitação em Orientação Educacional pela UNIGRANRIO-Universidade do Grande Rio (2005) e especialização em Organização Curricular e Prática Docente na Educação Básica pela UERJ-Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2008). Atua como Orientadora Educacional na Rede Pública de Ensino do Município de Duque de Caxias desde 2007 e como docente na mesma rede desde o ano de 2004. E.mail: carol.delfino.santos@gmail.com https://orcid.org/0000-0002-5856-1973