Educação e pandemia: desafios e constrangimentos das políticas emergentes

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Gorete Pereira
Nuno Fraga
Fernanda Gouveia

Resumo

Esta investigação procurou conhecer e debater as políticas educativas emanadas pela tutela, e os desafios da sua operacionalização a nível micro, em tempos de pandemia da COVID-19. As orientações emergentes do Ofício Circular n.º 5.0.0-53/2020, que instituiu o Ensino a Distância (EaD) com recurso às metodologias digitais, como a modalidade mais adequada à situação vivida, e ainda as diretrizes da Resolução do Conselho de Ministros n.º 53-D/2020 que estabeleceu as medidas excecionais e temporárias para a organização do ano letivo 2020/2021, no âmbito da pandemia da doença COVID-19, entre outros, constituíram-se arcaboiço legislativo do design dos ambientes virtuais de aprendizagem. A partir de um inquérito por questionário, desvelamos, na voz dos professores, os caminhos percorridos ao nível da operacionalização dos Planos de Ensino a Distância, (E@D). Foram inquiridos 100 professores e educadores de diversas escolas da Região Autónoma da Madeira (RAM). Concluiu-se que a suspensão das atividades letivas impulsionou o surgimento dos Planos de E@D adaptados às realidades dos contextos, e ainda, que a resposta emergencial foi a possível, reconhecendo-se necessária a adoção de novas abordagens assentes no paradigma da educação digital em rede.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Pereira, G., Fraga, N., & Gouveia, F. (2022). Educação e pandemia: desafios e constrangimentos das políticas emergentes. Medi@ções, 9(2), 6–20. Obtido de http://mediacoes.ese.ips.pt/index.php/mediacoesonline/article/view/319
Secção
Dossier
Biografias Autor

Gorete Pereira, Centro de Investigação em Educação da Universidade da Madeira

Maria Gorete Gonçalves Rocha Pereira é Doutorada em Ciências da Educação na área de especialização de Inovação Pedagógica, pela Universidade da Madeira e Mestre em Educação na Área de Supervisão Pedagógica pela mesma universidade. Desenvolve neste momento um projeto de Pós-doutoramento na Universidade do Porto – Portugal, acerca dos processos pedagógicos associados à Autonomia e Flexibilidade Curricular (política educativa em vigor em Portugal desde 2018). É Professora Auxiliar da Universidade da Madeira na Faculdade de Ciências Sociais - Departamento de Ciências da Educação, onde exerce funções docentes e de supervisão pedagógica. Com afetação às áreas disciplinares de Prática Pedagógica, Correntes Contemporâneas da Pedagogia e Investigação em Educação, leciona aos cursos de licenciatura em Educação Básica e Ciências da Educação e aos mestrados de Educação Pré-escolar e Ensino 1º ciclo do Ensino Básico, Inovação Pedagógica, Supervisão Pedagógica e Administração Educacional. Tem dado seguimento a investigações decorrentes das suas áreas de interesse, na qualidade de investigadora integrada do Centro de Investigação em Educação da Universidade da Madeira (CIE-UMa). As suas áreas de investigação são: Movimentos Pedagógicos e Inovação Pedagógica, Cenários de Aprendizagem, Ensino a Distância, Ensino Emergencial Remoto em tempos de pandemia da COVID-19, Tecnologias de Informação e Comunicação, Etnografia, Contextos da Prática Pedagógica, Processos de Supervisão Pedagógica, Autonomia e Flexibilidade Curricular. É Formadora acreditada e certificada pelo Conselho Científico-Pedagógico de Formação Contínua de Professores, do M.E, com o Registo CCPFC/RFO-34983/14, nas seguintes áreas e domínios: B02 Avaliação; B11 Pedagogia e Didática; C07 Inovação Educacional e C13 Sensibilização à Educação Especial.

Nuno Fraga, Centro de Investigação em Educação da Universidade da Madeira

É Doutorado em Educação. Professor Auxiliar na Universidade da Madeira (UMa), Faculdade de Ciências Sociais/Departamento de Ciências da Educação. Diretor do Centro de Investigação em Educação da Universidade da Madeira CIE-UMa e Investigador Integrado no mesmo Centro de Investigação. Diretor do Mestrado em Ciências da Educação na especialidade de Administração Educacional.

Fernanda Gouveia, Centro de Investigação em Educação da Universidade da Madeira

Doutora em Ciências da Educação – Currículo, Professora Auxiliar Convidada na Universidade da Madeira (UMa), Faculdade de Ciências Sociais/Departamento de Ciências da Educação. Investigadora Integrada no Centro de Investigação em Educação da UMa.