A primeira escola: instrução para a competição ou educação para a interação?

Pascal Paulus

Resumo


Irei tecer alguns comentários sobre três aspetos que me parecem importantes abordar, quando falamos do papel reservada para a escola primária humanista, comprometida com uma ética cosmopolita: a ação do docente, o trabalho do generalista e a clarificação acerca da diferenciação. São breves comentários para argumentar que a primeira escola é mais necessária do que nunca; não aquela instituição de sucesso para uns e nociva para muitos, mas aquela que pode contribuir para garantir o desenvolvimento sustentável no planeta.

Texto Completo:

PDF




MEDI@ÇÕES - Revista Online da ESE/IPS
ISSN: 1647-3078

http://mediacoes.ese.ips.pt
mediacoes@ese.ips.pt