Editorial Políticas Públicas, Organização e Gestão Escolar e Educacional: perspetivas

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

António Ângelo Vasconcelos
Agostinho Bucha
Jorge Pinto

Resumo

As políticas públicas desenrolam-se num processo social que envolve diferentes tipos de atores, com os seus referenciais e práticas, e que faz com que as políticas sejam consideradas como  ação pública que, sucintamente, se podem caraterizar pela não linearidade, pelas interdependências e circularidades atendendo ao número e a variedade dos atores (públicos e não públicos, nacionais e transnacionais) envolvidos na ação e às relações menos hierarquizadas entre os atores onde a abordagem hierárquica vertical é substituída por uma poliarquia multipolar.


Todas estas características das políticas públicas como ação pública, e as problemáticas daí decorrentes, estão presentes no interior das escolas como organizações olhadas como microcosmos sociais complexos onde interagem também uma rede interdependente de atores que contribuem, de maneiras diferenciadas, para os modos como se pensa, como se organiza e como é gerida e liderada a instituição escolar.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Vasconcelos, A. Ângelo, Bucha, A. ., & Pinto, J. . (2022). Editorial : Políticas Públicas, Organização e Gestão Escolar e Educacional: perspetivas. Medi@ções, 9(2), 1–5. Obtido de https://mediacoes.ese.ips.pt/index.php/mediacoesonline/article/view/328
Secção
Editorial