Ensinar diferente para todos aprenderem Um estudo sobre a gestão organizacional e curricular no ensino profissional

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Laura Mateus Fonseca
Jorge Pinto

Resumo

Este estudo tem como objetivo compreender como é que uma escola profissional se organiza na sua redescoberta sobre o papel e essência da escola, para em termos organizacionais e de gestão do currículo ajudar a construir pessoas com pessoas. Neste sentido, pretende-se demonstrar, através da análise de um caso particular, que a formação orientada para a melhor e mais adequada construção do saber, dotada de uma flexibilidade curricular, é uma ferramenta essencial para o desenvolvimento de profissionais de excelência. Partindo-se de uma metodologia qualitativa e interpretativa, foi feito um questionário dirigido aos alunos para analisar em profundidade a dinâmica das aulas e das mobilidades de formação, assim como entrevistas a diferentes atores da escola. Os resultados do estudo mostram como uma escola técnica profissional trabalha o currículo em função das aprendizagens essenciais e do perfil do aluno que deseja coconstruir. Paralelamente, apresenta o currículo visto pelas alunas do curso de Técnico de Apoio à Infância (TAI), cujos conteúdos são geridos em função dos objetivos e da construção do perfil do aluno.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Mateus Fonseca, L., & Pinto, J. (2022). Ensinar diferente para todos aprenderem: Um estudo sobre a gestão organizacional e curricular no ensino profissional. Medi@ções, 9(2), 86–102. Obtido de http://mediacoes.ese.ips.pt/index.php/mediacoesonline/article/view/321
Secção
Dossier
Biografias Autor

Laura Mateus Fonseca, Escola Superior de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Setúbal

Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas pela Universidade Clássica de Lisboa, pós-graduada em Técnicas Editoriais pela mesma Universidadee Mestre em Gestão e Administração de Escolas, pela ESCE e ESE –IPS. Presentemente, está a terminar o Doutoramento em Estudos Portugueses, especialidade História do Livro e Crítica Textual, na Universidade Nova de Lisboa – FCSH. Professora Assistente Convidada na ESCE – Escola Superior de Ciências Empresariais e ESE – Escola Superior de Educação do IPS – Instituto Politécnico de Setúbal de Português e Práticas Textuais e professora dos 2.º e 3.º ciclos de Português e Inglês. Editora, gestora de projetos editoriais e investigadora do IELT – Instituto de Estudos de Literatura e Tradição, FCSH – Universidade Nova de Lisboa; consultora, Formadora Certificada e E-Formadora em Comunicação Escrita Profissional e Storytelling pela empresa de formação InPar. Desenvolve e leciona conteúdos e programas de workshops de Escrita Criativa para escolas, bibliotecas, universidades, museus e criou e gere o projeto editorial independente Palavra Editora. Coautora de livros escolares e autora de artigos especializados nas suas áreas de investigação. Recentemente (2019), publicou o livro, com a sua organização, introdução e notas, Uma última pergunta – Entrevistas com Mário Cesariny.

Jorge Pinto, Escola Superior de Educação da Escola do Instituto Politécnico de Setúbal

Doutorado em Estudos da Criança pela Universidade do Minho. É Professor Coordenador na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal. É coordenador do Mestrado em Educação Pré-escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico e do Mestrado em Gestão e Administração de Escolas. Tem trabalhado em diversos Projecto de Formação sobretudo em que se destacam atualmente o Projecto de Conceção e Apoio ao Desenvolvimento dos Cursos de Bacharelato de Formação Inicial de Professores do Ensino Técnico Profissional envolvendo as Universidades Agostinho Neto e José Eduardo dos Santos e os ISCED de Luanda e Huambo, respetivamente, e o Projeto de Reforço às Capacidades Educativas da Guiné-Bissau (PRECASE). Integrou o Conselho Científico Pedagógico da Formação de Professores (2008 a 2013). Foi ainda Presidente do Conselho Técnico Científico da Escola Superior de Educação de Setúbal de 2010 a 2018. A Avaliação e a Aprendizagem são as suas áreas de interesse em termos de investigação onde tem inúmeras publicações quer em termos nacionais quer internacionais. É membro associado do CIEC – Universidade do Minho e CiEF–Instituto Politécnico de Setúbal.