De que se fala quando se fala de Reforma Agrária, em 1974 e 1975

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Constantino Piçarra

Resumo

Quando se dá o 25 de abril de 1974 temos uma agricultura atrasada onde o sistema de latifúndio, predominante a Sul, se constitui num elemento bloqueador do desenvolvimento agrícola consensualmente pretendido. De facto, muito se espera do incremento da agricultura portuguesa um contributo importante para a melhoria da nossa balança de pagamentos. Neste quadro, e perante os objetivos do Movimento das Forças Armadas e dos primeiros três governos provisórios em matéria agrícola, traduzidos na defesa da criação de uma agricultura progressiva, no âmbito da reforma gradual da estrutura fundiária, dá-se o posicionamento, face a estas intensões, dos três principais partidos: PS, PSD e PCP, cada um apresentando a sua proposta de reforma agrária, as quais se analisam e discutem ao longo deste artigo.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Piçarra, C. (2021). De que se fala quando se fala de Reforma Agrária, em 1974 e 1975. Medi@ções, 9(1), 151–164. Obtido de http://mediacoes.ese.ips.pt/index.php/mediacoesonline/article/view/296
Secção
Dossier