Relação entre género ao nível da motivação para prática da atividades desportivas

Nuno Cunha, João Amante, Ricardo Gomes, Ana Figueira, Teresa Figueiredo, Ana Pereira, Paulo Nunes, Fernando Santos, Mário Espada

Resumo


Os objetivos do presente estudo foram analisar a motivação para a prática de atividades desportivas entre homens e mulheres e fatores que conduzem ao envolvimento nas atividades. Participaram no estudo 20 homens (34.55±16.30 anos de idade) e 20 mulheres (30.05±12.70 anos de idade). Foi utilizado o Questionário de Motivação para as Atividades Desportivas (QMAD) (Serpa & Frias,1990). Composto por 30 perguntas de preenchimento através de escala likert de 1 a 5, em que 1 corresponde a “nada importante” e 5 a “totalmente importante”. Os 30 itens foram também agrupados em 6 fatores (Realização/Estatuto; Objetivos Desportivos; Orientação para o Grupo; Excitação; Divertimento; Influência Social). O presente estudo permitiu concluir que as motivações para envolvimento em atividades desportivas não diferem e muitos aspetos entre homens e mulheres. No nosso entendimento, estas diferenças na motivação ao nível do género têm vindo a diminuir o que tem conduzido a evidências como o cada vez maior envolvimento do género feminino em atividades desportivas. É fundamental decorrer investigação neste domínio da motivação no sentido de a oferta ser adequada à procura, com o desígnio de em Portugal os níveis de envolvimento em atividades desportivas se aproximar de médias europeias.

Texto Completo:

PDF


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.



MEDI@ÇÕES - Revista Online da ESE/IPS
ISSN: 1647-3078

http://mediacoes.ese.ips.pt
mediacoes@ese.ips.pt

Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal | Campus do IPS | Estefanilha | 2914-504 Setúbal | Portugal


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.