Para Uma leitura da Visualidade: um poema em duas cenas por Amílcar Furtado

Isabel Sofia Calvário Correia, Amílcar Bruno Robalo Furtado

Resumo


Este artigo pretende apresentar uma análise de um poema em Língua de Sinais Portuguesa que foi adaptado, criativamente, a partir de um outro em Língua de Sinais Britânica (BSL). Não pretendemos uma abordagem comparatista, até porque as obras são genuinamente distintas, mas sim fornecer pistas de análise literária do poema português. Pretendemos perspetivar este poema no contexto da Literatura Surda, demonstrando que se enquadra no Deaf world, mas que, também, assume particularidades linguísticas e culturais motivadas pela língua em que é executado e pelo contexto em que foi produzido

Texto Completo:

PDF


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.



MEDI@ÇÕES - Revista Online da ESE/IPS
ISSN: 1647-3078

http://mediacoes.ese.ips.pt
mediacoes@ese.ips.pt

Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal | Campus do IPS | Estefanilha | 2914-504 Setúbal | Portugal


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.