Deaf Way nos Estudos Culturais: a bandeira Surda da diversidade

Cristina Gil, Joana Morêdo Pereira

Resumo


Este artigo aborda conceitos essenciais em Estudos Surdos ainda pouco disseminados em Portugal. Descreve o discurso dos membros das Comunidades Surdas ocidentais enquanto minorias linguísticas culturais e explicita os conteúdos dessa concepção sobre o indivíduo Surdo. Referimos ainda a questão da Identidade Surda, tais como categorizações e processos apresentados na literatura especializada. Concluímos frisando a importância de se dar atenção aos discursos internos das Comunidades Surdas, e debatendo a perspectivação do traço ser Surdo como uma realidade médica ou étnica.

Texto Completo:

PDF


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.



MEDI@ÇÕES - Revista Online da ESE/IPS
ISSN: 1647-3078

http://mediacoes.ese.ips.pt
mediacoes@ese.ips.pt

Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal | Campus do IPS | Estefanilha | 2914-504 Setúbal | Portugal


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.